Cacau

Como a Páscoa foi na semana anterior e o cheirinho de chocolate ainda está no ar, resolvi escrever sobre o Cacau, já que tooodos falam que quanto maior a porcentagem de cacau no chocolate melhor!

Hoje vocês irão aprender sobre sua importância!

Divirtam-se!!!

Beijos

cacau

Uma das delícias que a opção por uma alimentação mais natural trouxe até nós, foi o consumo diário de cacau (no meu caso consumo ele em pó!!!). Rico em antioxidantes, seu consumo reduz o risco de doenças do coração, diminui as taxas de colesterol e a pressão arterial. Alguns estudos comprovam que a ingestão de cacau pode melhorar a resistência à insulina em portadores de diabetes tipo 2. O consumo regular de cacau nos protege contra os danos causados pela poluição e exposição ao sol. Vejamos então quais são os reais componentes benéfico desse alimento:

Rico em magnésio: esse mineral é essencial para o equilíbrio do nosso corpo. O magnésio protege o coração, melhora o funcionamento do cérebro e do intestino, auxilia na absorção de cálcio pelos ossos e melhora cólicas menstruais.

Rico em ferro, cromo, manganês e cobre: nutrientes essenciais para a saúde do sangue e, consequentemente, melhora das funções corporais e cerebrais.

Rico em anandamida: ela é uma endorfina que o corpo humano fabrica naturalmente após exercício físico e não foi encontrada em mais nenhum alimento além do cacau. Ele também contém enzimas inibidoras que diminuem a capacidade do organismo de quebrar a anandamida, prolongando a sensação de bem-estar.

Rico em Theobromina: uma substância bactericida, muito eficiente na eliminação da principal bactéria causadora da cárie.

Rico em antioxidantes: o cacau é o alimento que mais contém antioxidantes já documentado. Os antioxidantes, como falo sempre aqui, são combatentes naturais dos radicais livres produzidos naturalmente pelo corpo em virtude do estresse, da radiação solar, da poluição, do fumo e da má alimentação, que têm ação danosa à saúde e podem provocar diversas doenças. Os antioxidantes defendem seu corpo contra os radicais livres e previnem diabetes, câncer, infertilidade, acne, celulite e rugas.

Rico em Zinco: importante nutriente para a imunidade e para a pele.

Feniletilamina (PEA): sensível ao calor, o processo de cozimento e processamento do cacau em chocolate elimina essa substância do produto final. Mas o cacau natural possui a Feniletilamina, que é a substância que produzimos quando estamos apaixonados. Além da sensação de bem-estar, ela é importante para a capacidade de atenção e concentração, bem como auxilia no controle do apetite.

Serotonina: é o principal neurotransmissor do corpo humano e, entre as várias funções, ele atua na percepção dos estímulos, no controle do sono, apetite e na saúde do coração.

Imagem: google

 

 

Como lidar com birras e malcriações?

Olá pessoal! Como foram de feriado? O meu foi bastante cansativo!!!rs

Uma comportamento do Antônio que tem nos preocupado é que ele está começando a fazer birra!!! E como toda mãe, D-E-T-E-S-T-O!!! Ontem li uma matéria no site Educar para crescer sobre isso, e resolvi compartilhar com vocês!

Beijos e uma ótima semana!!!

birra-capa

Na realidade, o que vem a ser uma criança malcriada? Malcriado é aquele que não recebeu uma boa criação, que não teve boa educação. E quem são os principais responsáveis pela criação e educação dos filhos? Sim, são os pais.

A melhor forma de evitar as atitudes malcriadas dos filhos é ensinando desde cedo às crianças a ter respeito pelos outros. E também orientando sobre como se portar bem nos diferentes ambientes sociais. Isso se faz estabelecendo limites e principalmente dando o exemplo. Na maioria das vezes, a falta de educação vem da falta de limites. As crianças precisam de parâmetros que devem ser dados pelo adulto (no caso nós pais!). Elas necessitam da ajuda do adulto para conseguir conviver socialmente, para saber o que é ou não é aceito pela sociedade

Respeito em Relação aos outros

Esse ensinamento deve começar desde os primeiros anos de vida. Mesmo quando a criança ainda não sabe falar ou se expressar bem, ela começará a aprender pelo exemplo dado pelos adultos. Afinal, educar é dar modelo! Tratar a criança com respeito e educação é dar melhores condições para ela aprender a fazer o mesmo com as outras pessoas.

Birra da Criança

Em situações em que a criança se descontrola, o adulto deve ser firme, sem ser agressivo. Ele deve oferecer outras opções (de ação, de palavras, de atitudes) para mostrar como se pode controlar a situação em questão. É muito importante que o adulto não perca o controle nessas horas e não deixe a criança assumir o comando. “Atualmente vemos muitas crianças assumindo o papel do adulto, decidindo pelos pais, agindo como donas da palavra em um mundo que gira em torno dela e onde ela tratada como um príncipe ou princesa”, afirma Daniela Munerato, orientadora da Educação Infantil da Escola da Vila, de São Paulo.

Muitos pais tendem a desculpar ou a deixar para lá as malcriações dos filhos pelo fato de acharem que eles ainda são pequenos demais para serem corrigidos. As crianças não são pequenas para compreender que as boas relações são geradas por boas ações. Cada vez que o adulto deixa de intervir, está aprovando a atitude do filho. Então essas atitudes vão se tornando parte do repertório de ação daquela criança. Mudar depois será muito mais difícil.

Fonte: site Educar para Crescer

Imagem: google

Bacalhoada

 

 

 

Olá pessoal! Me desculpem, mas essa receita deveria ter sico postada antes da páscoa, mas…:(!!!

Espero que vocês gostem do jeito que eu faço a bacalhoada, receita da minha cunhada!!!

Beijos

BACALHOADA

BACALHOADA

Ingredientes:
1kg de bacalhau previamente dessalgado
4 batatas
4 batatas doce
4 cebolas (ou mais, essa é a gosto!)
4 tomates grandes e maduros
Azeite (a gosto)
Salsinha e cebolinha (a gosto)
Alho picado (a gosto)


Modo de preparo:
Cozinhe as batatas e as batatas doce e corte-as em rodelas. Reserve. Corte as cebolas e os tomates em rodelas. Reserve. Em uma frigideira coloque azeite e depois o alho, e deixe dourar. Acrescente o bacalhau e frite-o até que a água (que ele irá soltar) seque. Faça camadas em um refratário de batatas e batatas doce, bacalhau, tomate, cebola e salsinha e cebolinha. Repita até que o refratário fique cheio. Em seguida, regue com azeite. Cubra com papel alumínio e leve ao forno. Deixe assar por 20 ou 30 minutos. Sirva a seguir.

Dicas para a Páscoa

páscoa crianças

A Páscoa está chegando e com ela inúmeros ovos de chocolate. Ainda mais quando se é criança, toooodos acabam dando pelo menos um ovinho!!!rs e o que fazer para controlar e não exagerar nessa época? Pois bem, aí vão algumas dicas para ajudar a controlar a alimentação dos nossos pequenos!

  • Divida o chocolate em porções pequenas, para que as crianças aprendam a comer em pequenas quantidades;
  • Consuma em pequenas porções por dia. Tente consumir no máximo 30 a 40 gramas por dia (equivalente a 3 a 4 quadradinhos da barra comum) – NO MÁXIMO!!!;
  • Sempre que puder, ensine-os a dividir os chocolates com amiguinhos e familiares;
  • Caso as crianças abusem no consumo do chocolate, não diminua a quantidade dos outros alimentos. Pelo contrário, melhore a qualidade nos próximos dias, como aumentar a quantidade de legumes e frutas principalmente;
  • NUNCA deixe que seu filho substitua uma refeição por uma quantidade maior do chocolate. Não pense apenas na quantidade de calorias, mas também nos nutrientes.

Eu só quero chocolate!!!

chocolate

No final dessa semana chegará o tão esperado feriado da Páscoa. Ela é o período mais doce do ano e também, sem dúvida alguma, sinônimo de chocolate. Apesar de ser um dos alimentos que mais engordam, o chocolate continua sendo um dos prediletos entre as crianças. 

O tipo de chocolate mais saudável é o amargo, de preferência aqueles com 70% de cacau. Quanto maior a porcentagem de cacau, mais saudável é o chocolate. Esse tipo de chocolate têm mais massa de cacau que os outros, isso significa que possui mais polifenol (substância que auxilia na diminuição do mau colesterol). Por causa dessa substância, acaba sendo o mais saudável, claro que sem exageros!

O chocolate branco é o mais nocivo, uma vez que não contém massa de cacau e sim manteiga de cacau. Esse tipo tem mais gordura e por isso é mais calórico. Como não tem massa de cacau, também não tem o polifenol e, portanto, não ajuda a diminuir o colesterol.

Mas, e os chocolates diet e light? Como falo sempre sobre esses produtos, são indicados para quem precisa realmente consumi-los, já que são isentos de açúcar mas ainda contém gordura! No caso das crianças, é bem melhor os chocolates amargos e ao leite, mas sempre controlando suas quantidades. 

A qualidade funcional do chocolate , quando ingerido em quantidade moderada e regularmente, é uma importante aliada da saúde e do bem-estar. Com o consumo diário de até 30 gramas de chocolate (quanto maior a porcentagem do cacau melhor!), conseguimos controlar os radicais livres do nosso organismo, moléculas que, em excesso, podem prejudicar a estabilidade das células. Esta funcionalidade do chocolate reduz as concentrações do colesterol ruim (LDL), aumenta o colesterol bom (HDL) e retarda o processo de envelhecimento celular.

Portanto, como sempre, a palavra da vez é MODERAÇÃO!!!!

Os mil dias que fazem a diferença

Olá pessoal!

Vamos começar a semana com uma matéria muito interessante. Vocês já ouviram falar sobre “os mil dias que fazem a diferença?” Se não, eu também não conhecia! Até que li uma matéria em uma revista e fui pesquisar no próprio site. Simplesmente AMEI!!! É uma proposta digna, e o melhor de tudo, fácil! Se cada um de nós fizermos nossa parte!

Beijos e uma ótima e curta (rs) semana!!!!

mamae ta de olho

Os mil primeiros dias da criança (dias que vão desde a gravidez de uma mulher e o segundo ano de seu filho) oferecem uma única oportunidade de moldar um futuro mais saudável ​​e próspero. A nutrição correta durante este período de mil dias, pode ter um profundo impacto sobre a capacidade de uma criança crescer, aprender e sair da pobreza . Ele também pode dar forma a saúde a longo prazo, estabilidade e prosperidade de uma sociedade.

Hoje, a desnutrição ainda é a principal causa de morte de crianças em todo o mundo. Para bebês e crianças menores de dois anos de idade, as conseqüências da desnutrição são particularmente graves, muitas vezes irreversíveis.

Durante a gravidez, a desnutrição pode ter um impacto devastador sobre o crescimento e desenvolvimento saudável de uma criança. Bebês que são desnutridos no útero, têm um risco maior de morrer na infância e são mais propensos a enfrentar déficits cognitivos e físicos ao longo da vida; sem falar nos problemas crônicos de saúde.

Para crianças menores de dois anos de idade , a desnutrição pode ser fatal . Ela pode enfraquecer o sistema imunológico e fazer-lhes mais suscetíveis a morrer de doenças comuns, tais como pneumonia, diarreia e malária.

Em 1.000 dias, você pode mudar um futuro!!!

Ao se concentrar em melhorar a nutrição para as mães e crianças na janela de 1.000 dias, pode-se garantir que uma criança possa viver uma vida saudável e produtiva. Investir em uma melhor nutrição na janela desses 1.000 dias também pode ajudar as famílias, comunidades e países a quebrar o ciclo da pobreza.

As evidências mostram que a nutrição correta nessa janela pode:

1. Poupar mais de um milhão de vidas a cada ano;
2. Reduzir significativamente a prevalência de doenças como tuberculose, malária e HIV / AIDS;
3. Reduzir o risco de desenvolvimento de várias doenças não- transmissíveis, como diabetes e outras doenças crônicas mais tarde na vida ;
4. Melhorar o desempenho educacional de um indivíduo e seu potencial de ganhos ,
5. Aumentar o PIB de um país por pelo menos 2-3 por cento ao ano .

Como resultado, os principais cientistas , economistas e especialistas em saúde concordam que a melhoria da nutrição durante esses 1.000 dias, é um dos melhores investimentos que podemos fazer para alcançar o progresso duradouro na saúde e no desenvolvimento global.

Soluções que fazem a diferença!!!

  • Assegurar que as mães e as crianças obtenham as vitaminas e minerais necessários nessa fase da vida;
  • Promover as boas práticas nutricionais , incluindo alimentos apropriados e saudáveis ​​para crianças e para as mamães em fase de amamentação,
  • Tratar crianças desnutridas com alimentos especiais, terapêuticos.

 

 

Menos Sal à mesa, mais saúde para todos!!!

sal

Segundo a Organização Mundial da Saúde, adultos devem consumir menos de 2000mg de sódio por dia, o que equivale a 5g de sal, para prevenir problemas cardiovasculares e hipertensão. Mas pesquisadores avaliaram 34 estudos clínicos, envolvendo 3230 pessoas, e descobriram que a ingestão de até 3g de sal por dia terá um efeito ainda mais benéfico para a saúde cardiovascular. Eles observaram que reduzir em 5 a 6 gramas por dia de sal, por quatro ou mais semanas, reduziu significativamente a pressão em pessoas hipertensas. Mas quem ingeriu de 3 a 4 gramas teve resultados ainda melhores. Mais um motivo para você diminuir o uso desse tempero em suas receitas.

Imagem: google