Desenvolvendo uma alimentação saudável

fruta

A partir dos dois anos de idade, a criança passa por diversas e constantes transformações. E a alimentação exerce grande influência nesse processo, tendo papel fundamental no desenvolvimento dos músculos, no crescimento dos ossos e na manutenção do peso.

O Antônio acabou de fazer dois anos, e já vejo algumas mudanças, principalmente nos hábitos alimentares. Ele está mais seletivo! Continua comendo todos os alimentos, mas agora, alguns desses alimentos, como o brócolis, tenho que mascarar na comida. Se ele vê um pedaço maior, ele acaba tirando do prato e não come.

Sabemos que o conhecimento sobre a alimentação saudável não é a garantia de bem-estar nutricional. Essa realidade é uma das coisas que mais me preocupa. Isso porque a escolha dos alimentos não está só relacionada com seu valor nutricional, está também relacionada com o prazer e as lembranças, e com os hábitos adquiridos na INFÂNCIA, além de outros fatores psicológicos e sociais. Por isso, a educação nutricional volta-se para a formação de valores, para o prazer, a responsabilidade, a atitude crítica, assim como para o lúdico e a liberdade, e tem por objetivo capacitar o indivíduo a agir conscientemente diante de novas situações que envolvam as escolhas alimentares.

O incentivo à alimentação saudável deve ser reforçado diariamente. Além disso, deve-se incentivar o resgate dos hábitos alimentares saudáveis e próprios da cultura alimentar brasileira e, ainda, identificar alguns alimentos cujo consumo deva ser estimulado na alimentação cotidiana. Sim, alimentos tipicamente brasileiros como arroz e feijão, banana, manga, cacau, abacate, jabuticaba, e outros alimentos que muitas vezes receberam rótulos e acabaram sendo tirados da dieta nossa do dia a dia.

Imagem: google

Anúncios

O que deve ter em um Café da Manhã saudável?

café

Cereais / Pães: preferivelmente os integrais; contêm carboidratos, proteínas, vitaminas do grupo B, fibra e minerais. São alimentos ricos em carboidratos e darão muita energia aos nossos pequenos. Aqui em casa consumimos pão integral, torrada integral de castanha do pará, pão francês (quando acho no supermercado compro o integral!), bolacha de maisena, tapioca, aveia e cereal integral (nesfit e granola).

Lácteos: de preferência com baixa quantidade de gordura (leite, queijo, iogurte); contêm proteínas de alto valor biológico, fósforo, vitamina D e lembrem-se que são as maiores fontes de cálcio da alimentação. Gosto sempre de ter em casa requeijão, creme de ricota, queijo branco ou mussarela, leite (para o pequeno eu uso Enfagrown), iogurte e coalhada feita em casa (gosto de colocar cebolinha picada para temperar).

Frutas: inteiras ou suco: contêm água, carboidratos, vitaminas A e C, minerais e fibras. Geralmente consumimos as frutas frescas mesmo. Mamão, banana (com aveia e mel ou na tapioca), melão.

Quando juntamos os alimentos de todos os grupos temos uma alimentação completa, com todos os nutrientes que a criança precisa.

Sugestões de Café da Manhã:

  • Pão integral com requeijão, mamão, iogurte ou leite
  • Iogurte, fruta e cereal
  • Bolo, fruta e leite ou iogurte
  • Pão integral, queijo branco ou mussarela, suco de fruta
  • Vitamina: leite, fruta e aveia