A Importância da Saúde Óssea

osso

A saúde óssea depende de vários fatores: genético, atividade física e ingestão alimentar. Todos  eles podem influenciar na composição dos ossos do corpo. Outro fator que também influencia é a remodelação óssea. Ela nada mais é que a constante formação e reabsorção do tecido ósseo e é a responsável pela renovação do nosso esqueleto.

Nas crianças, a formação óssea é intensa e, portanto, o fator remodelação é determinante para a saúde óssea. Em dois períodos há uma aceleração desse processo: nos dois primeiros anos de vida e na adolescência. Por isso esses dois períodos são importantes para o crescimento de um esqueleto forte e saudável.

A prática da atividade física tem papel fundamental para a saúde óssea, já que ela ajuda na absorção de cálcio pelos ossos. Dos 4 aos 8 anos, é sugerido uma atividade física de alto impacto, como brincadeiras como pular cordas ou esportes coletivos, duas horas na semana.

Na parte alimentar, dois nutrientes importantes são o Cálcio e a Vitamina D.

O Cálcio é o mineral mais abundante no corpo humano, exercendo diversas funções essenciais no organismo, como:

  • Formação e manutenção da massa óssea;
  • Regulação metabólica;
  • Participação no processo de coagulação sanguínea;
  • Transmissão de impulsos nervosos;
  • Divisão celular (contribuindo para o crescimento e desenvolvimento adequados);
  • Contração muscular.

A principal função da vitamina D é manter os níveis de cálcio e fósforo em um estado normal capaz de proporcionar condições à maioria das funções metabólicas.

Ingestão recomendada:

Crianças de 1 a 3 anos:

  • Cálcio: 700 mg/dia
  • Vitamina D: 15 ug/dia

Crianças de 4 a 8 anos:

  • Cálcio: 1000 mg/dia
  • Vitamina D: 15 ug/dia