CRIANÇA NÃO MORRE DE FOME!!!

alimentando

Uma verdade que sempre falo para as mães dos meus pequenos pacientes é que “CRIANÇA NÃO MORRE DE FOME!” Sim, isso mesmo! Elas não morrem de fome. Essa frase deve se tornar uma regra para todas as mamães! Falo isso para que a comida não se torne um instrumento de manipulação infantil. Nossos pequenos (digo nossos porque o meu aqui em casa é fogo! rs) tem uma capacidade enorme de captar o que nos angustia e usar isso para nos manipular.

Toda criança tem seus momentos de fixação por algum alimento (aqui em casa estamos na fase do tomate e pepino), ou então fases em que não quer experimentar novos alimentos, ou até mesmo fases que experimentam de tudo. Mas com certeza essas fazes não são problema, já que passam! O ideal é sempre manter uma dieta saudável no dia a dia da criança.

Mas como fazer quando a criança não quer comer de jeito nenhum? Durante a semana tem-se que manter uma rotina, com as refeições estabelecidas e de preferência no mesmo horário. Se ela não quer almoçar, por exemplo, nada de substituir a refeição por lanchinhos ou leite. Deixe que ela coma somente na próxima refeição e o que já está pré estabelecido. Tenho certeza que fazendo assim, logo a criança aprende e sempre vai comer as refeições como oferecidas.

Atualmente as crianças estão cada dia mais obesas e, ao mesmo tempo, malnutridas. Isso mesmo, apesar do excesso de alimentos, as calorias são vazias, ou seja, sem nenhum nutriente, o que causa a má nutrição! Por isso, vamos cuidar da alimentação dos nossos pequenos, já que somos o que comemos!!!

Imagem: google

Anúncios

Tudo para seu filho comer bem – Parte 2

Olá pessoal!

Dando continuidade à matéria de terça feira, continuarei falando sobre essa dificuldade de algumas crianças em se alimentar!!!

Beijos

CRIAN

  • No comportamento infantil, é normal rejeitar tudo que é novo. Portanto insista para que seu filho experimente os alimentos!
  • Insista, mas NUNCA force!
  • Os pais precisam respeitar o não dos filhos! Para que isso não acabe virando uma briga e um desgaste.
  • Os pais também tem que aprender a dizer não aos filhos quando eles pedem lanche, salgadinhos ou outras guloseimas.
  • Se eles não comerem esse tipo de alimento (se podemos chamar assim!!!), as crianças irão procurar outra coisa para comer no momento da fome!
  • Ensinar a comer é estabelecer limites, impor disciplina, seguir rotina e ser firme no que foi combinado.
  • Quer comer? Ótimo! Não quer? Não precisa comer, mas só vai se alimentar na próxima refeição!
  • Não é bom para nenhuma criança ter guloseimas acessíveis.
  • Normalmente, uma criança entre 7 e 10 anos, que teve bons exemplos, assume uma postura mais saudável frente à mesa.
  • Os hábitos de serem muito seletivos ou comer pouco, geralmente desaparecem também com essa idade.